Boa noite, 07 de dezembro de 2022
PUBLICIDADE

Acusado de matar homem a pedradas e facadas é condenado a 12 anos de prisão em Buriti Bravo

Publicado em: 28/09/2022 04:36

O Tribunal do Júri da comarca de Buriti Bravo, no Leste maranhense, condenou o réu João José da Silva Neto pelo crime de homicídio, tendo como vítima Jucenildo Rodrigues da Silva, que foi morto a golpes de faca e pedradas na cabeça, no dia 1º de abril deste ano. Por causa do crime, o réu recebeu a pena definitiva de 12 anos de reclusão, a ser cumprida, inicialmente, em regime fechado.

O julgamento foi realizado nesta terça-feira (27), na Sala do Tribunal do Júri do Fórum, e foi presidido pela juíza Cáthia Rejane Portela Martins, titular de Buriti Bravo.

Além da magistrada, atuaram na sessão de julgamento o promotor de Justiça Gustavo Pereira Silva, na acusação, e a advogada Verônica da Silva Cardoso, na defesa do réu.

Consta no inquérito policial que o crime aconteceu por volta de 6h, nas proximidades da Escola Municipal José Raposo, que fica no bairro Mutirão. Os policiais civis, após tomarem conhecimento do ocorrido, se deslocaram até o local e encontraram o corpo da vítima caído em um canto do muro da escola, com as pernas dobradas, tendo sido encontrado, ainda, uma lâmina de faca de serra dentro do seu corpo, na região do pescoço e muito sangue no local.


Fonte: G1 MA


Comentários






Portal Destaque do Maranhão



Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.


Desenvolvido por:
c2 tenologia web