Bom dia, 29 de setembro de 2022
PUBLICIDADE

Polícia prende três envolvidos no assassinato de engenheiro durante festa, em

Publicado em: 23/09/2022 03:30

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta sexta-feira (23), três mandados de prisão temporária contra os homens de iniciais W. M. F. L, de 20 anos; A. F. S. R., de 20 anos; e I. S. R, de 23 anos, por homicídio qualificado. O trio é suspeito de matar o engenheiro e empresário Weshley Oliveira de Albuquerque, de 32 anos.

Weshley foi morto com vários tiros no 21 de agosto deste ano, por volta das 6h, na casa de festas conhecida por Mansão 01, na Avenida Itapiracó, nº 350, no Alto do Itapiracó, em São José de Ribamar.

Durante as investigações, apurou-se que o empresário chegou à casa de eventos por volta das 5h, após sair de um show, acompanhado de vários amigos. Após adentrarem o local, houve uma confusão e minutos depois vários indivíduos partiram para cima do empresário, com a finalidade de tomar uma pistola que ele portava. Os bandidos desferiram mais de 20 disparos contra Weshley.

Com a morte imediata, os assassinos vilipendiaram o cadáver (desferiram chutes) e subtraíram todos os pertences do empresário, inclusive seu veículo Fiat Punto.

Com base em todos os elementos colhidos na investigação, a Delegacia de Homicídios da Área Norte representou pela prisão temporária e busca e apreensão na casas dos investigados, o que foi deferido pela Justiça.

Após o cumprimento das formalidades legais, os presos foram encaminhados ao Sistema Penitenciário, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Prisão do receptador do celular do empresário

A Polícia Civil prendeu, na tarde de 25 de agosto, um homem que estava em posse do celular do engenheiro Weshley Albuquerque.

Segundo a polícia, o receptador foi localizado no bairro Cidade Operária tentando desbloquear o aparelho avaliado em torno de R$ 4 mil, a fim de colocar à venda na sua loja situada no bairro Nova Terra, em São José de Ribamar.

Após ser identificado, ele recebeu voz de prisão pelo crime de receptação qualificada e conduzido à Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP). Após o cumprimento das formalidades legais, o preso foi encaminhado ao sistema judiciário, onde permanecerá à disposição da justiça.


Fonte: Blog do Gilberto Lima


Comentários






Portal Destaque do Maranhão



Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.


Desenvolvido por:
c2 tenologia web