Boa tarde, 19 de agosto de 2022
Desque do Maranhão
PUBLICIDADE

Sistema de Alerta da Bacia do Rio Itapecuru emite boletim na manhã deste sábado (15)

Publicado em: 30/11/-0001 12:00

Na cidade de Caxias o rio Itapecuru segue acima da cota de inundação que é de 6,00 m. A cota atual é de 6,77 m, portanto já 77 cm acima do nível de inundação. As fortes chuvas da últimas 3 h, totalizando 33 mm, provocaram uma aceleração da subida do rio, efeito que deve repercutir nas próximas horas. É previsto que o nível do rio alcance valores da ordem de 7,11 m às 13:45 h da tarde deste sábado caso novas precipitações não sejam verificadas.

Em Codó o rio também dá mostra do impacto das chuvas recentes, devendo aumentar seu ritmo de subida. A cota atual é de 4,65 m, devendo variar, nas próximas 8 h, para valores da ordem de 5,03 m. Assim, é esperado que o nível ultrapasse novamente a cota de atenção, que é de 4,80 m. 

Em Coroatá o nível atual do rio Itapecuru é de 6,08 m. A tendência é que o rio inverta novamente seu comportamento, deixando a recessão e iniciando uma lenta ascensão nas próximas 8 h, podendo alcançar cotas por volta de 6,11 m às 13:45 h desta tarde, mas ainda abaixo da cota de atenção (7,20 m).

Em Cantanhede a cota atual é de 7,82 m, com o rio apresentando tendência de caracterizar um novo processo recessivo nas próximas 12 h. A cota prevista para as 17:45 h da tarde de hoje é de 7,77 m, mantando as condições atuais de normalidade e ainda bem abaixo da cota de atenção, 10,50 m.

Na cidade de Itapecuru-Mirim o nível registrado às 05:45 h foi de 8,72 m. A tendência de momento é que o rio se mantenha em ascensão nas próximas 8 h, mas com velocidade de subida diminuindo com o tempo, devendo alcançar cotas da ordem de 8,76 m por voltas das 14:00 h deste sábado, portanto ainda bem abaixo da cota de atenção (11,50 m).

Considerando a tendência da manutenção da condição de inundação de Caxias no curto prazo, é importante que a Defesa Civil local mantenha-se mobilizada e dê continuidade às ações de prevenção já adotadas.

Informamos que a CPRM continuará monitorando a situação hidrológica da bacia, mantendo os órgãos competentes e a sociedade devidamente informados. Lembramos, ainda, que os dados gerados podem ser acessados livremente em http://www.cprm.gov.br/sace/itapecuru. As previsões apresentadas neste Boletim são baseadas em modelos hidrológicos e estão sujeitas às incertezas inerentes aos mesmos. Os dados hidrológicos utilizados neste Boletim são provenientes da Rede Hidrometeorológica Nacional de responsabilidade da Agência Nacional de Águas e Saneamento (ANA), operada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM).


Fonte: CPRM-Serviço Geológico do Brasil Geral


Comentários









Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.


Desenvolvido por:
c2 tenologia web