Maranhão

Prefeito de Afonso Cunha Arquimedes e o irmão são suspeitos de cometerem tentativa homicídio contra empresário

29/11/2021 16:17

O prefeito do município de Afonso Cunha, Arquimedes Américo Bacelar, e o irmão dele, conhecido como Xerxes Bacelar, estão na mira da polícia. O site do Luís Pablo teve acesso ao fato com exclusividade.

O prefeito é suspeito de cometer tentativa de extorsão e ameaçar de morte o empreiteiro Wellington Lima Bacelar. O irmão do prefeito é suspeito de praticar tentativa de homicídio contra o empresário.

De acordo com relatos de testemunhas, o prefeito Arquimedes e o irmão dele foram ao encontro de Carlos Magno, na serraria que pertencia ao pai deles. Os irmãos começaram uma discussão. Xerxes teria derrubado Carlos Magno e tentado cortá-lo com um facão. A vítima teve o braço cortado quando tentava se defender.

Ainda segundo testemunhas, o golpe foi na direção do pescoço. A vítima gritou por ajuda. Ainda conforme relato de vítimas, o prefeito estava portando uma pistola.

Ainda no mês de outubro,  Wellington Bacelar chegou a registrar as ameaças na Polícia Civil e também na Polícia Federal. No dia 4 de outubro esteve na Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários (PF), e no dia 5 de outubro esteve no 9° Distrito Policial (PC), em São Luís.

Segundo relato da vítima, as ameaças por parte do prefeito Arquimedes começaram no dia 28 de setembro deste ano, um dia após Wellington receber o valor de R$ 240 mil, referente a um procedimento licitatório para manutenção de estrada vicinal na Zona Rural de Afonso Cunha, que ganhou no ano de 2019. Wellington é proprietário da empresa Mix Gestão, sediada em Aldeias Altas.

Segundo Wellington, o prefeito Arquimedes teria lhe cobrado a quantia de R$ 100 mil a título de propina. Mas, o empresário negou e justificou que ganhou o processo de forma lícita. O prefeito teria enviado a chave pix registrada no nome da empresa CNC -Construções, que Wellington acredita ser uma empresa laranja do gestor municipal.

Segundo a vítima, o prefeito continuou a incomodá-lo e a ameaçá-lo de morte. Inclusive, passou a ligar ameaçando também o filho do empreiteiro, Wellington Lima Bacelar Júnior.



Fonte: Blog do Luís Pablo



Comentário




Copyright © Portal Destaque do Maranhão

Desenvolvido por: