Caxias

Câmara Municipal debate revitalização do Cine Teatro e licitação na Saúde mais de R$ 32 milhões em Caxias

05/06/2019 08:59

O líder do governo, Sargento Moisés (PSD), apresentou requerimento solicitando do Poder Executivo a revitalização do Cine Teatro, que fica localizado no Centro de Cultura Acadêmico José Sarney. Na sessão de segunda-feira (27), a proposição foi defendida pelo parlamentar na tribuna, bem como serviu de deixa para a líder da oposição,  Thaís Coutinho (PSB), tratar sobre uma recente licitação na Saúde.

 

 

“A classe artística e a comunidade em geral necessita da revitalização desse espaço, o qual é de suma importância para a produção de diversas formas de expressões artísticas e culturais. Há anos o Cine Teatro de Caxias foi esquecido pelo Poder Público e todos são sabedores da importância histórica e futura desse local para a nossa sociedade” justificou o vereador.

Representantes das classes artística e cultural de Caxias ocuparam a galeria da Câmara. Na ocasião, o vereador fez a leitura de uma carta aberta direcionada às autoridades, encabeça pela Associação dos Artistas de Dança da Companhia de Artes Salmus de Caxias, tratando da revitalização do Cine Teatro e outros assuntos de interesse das categorias.

Sargento Moisés deu destaque a uma mesa redonda sobre políticas públicas voltadas ao meio artístico local, realizada no último sábado (22). Em aparte, os vereadores Darlan (PHS) e Ramos (SD) agradeceram o convite para o evento mencionado, justificaram suas ausências e declararam apoio à proposição do líder do governo.

Licitação na Saúde

“Esse projeto passando nessa Casa vai ser unânime. Apesar de que acho difícil acontecer a reforma do teatro. Mas digo a vocês que dinheiro tem, pois na última quinta-feira ia acontecer uma licitação de mais de R$ 32 milhões para uma empresa, não governamental, administrar o dinheiro público para pagar médico”, frisou Thaís Coutinho na tribuna. Segundo a vereadora, após a intervenção do bloco da oposição, a licitação havia sido cancelada; como foi reafirmado pelo vereador Edilson Martins (PSDB) em aparte.

O líder do governo pediu um aparte e ressaltou que é comum os processos licitatórios serem revistos e que uma discordância de itens do Termo de Referência levou a administração a refazer esse documento para não prejudicar o certame como um todo. Além do mais, o procedimento não havia sido cancelado, mas sim, suspenso até ajustes na documentação pertinente.



Fonte: Bruno Sousa/ Direto da Redação com informações da camara.caxias.ma.gov.br



Comentário




Copyright © Portal Destaque do Maranhão
Desenvolvido por: