Maranhão

Casal é preso por suposto envolvimento em morte de recém-nascido

08/05/2019 11:27

Um casal foi preso nesta segunda-feira (06) supostamente por envolvimento no crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver de um recém-nascido, o caso aconteceu na última sexta-feira, na cidade de Itapecuru Mirim, a 108 quilômetros da capital maranhense. Membros e a cabeça do bebê foram encontrados em um terreno baldio no povoado Vinagre.

Jackson Matos Pereira, de 40 anos, e Marilene dos Santos Menezes, de 45 anos, foram identificados pela polícia através de imagens de segurança que captaram um veículo Fiat Way nas proximidades do local onde os restos mortais foram localizados. O pedido de prisão foi representado pela titular da Delegacia Especial da Mulher de Itapecuru-Mirim, Tainara Mendes Cunha.

No início das investigações, a Polícia Civil suspeitou que ambos praticavam rituais satânicos, embora Jackson Pereira alegasse que não sabia que era um corpo e pensava ser carne podre esquecida por algum passageiro, já que atua como taxista na região. O casal é pai de uma jovem que se apresentou nesta terça-feira (07) na delegacia. Em depoimento, ela afirmou que sofreu um aborto espontâneo e que colocou os pedaços do bebê em um saco de lixo dentro do veículo do pai.

A moça, que não teve nome ou idade divulgados, informou à polícia que havia escondido a gravidez do pai. O caso será elucidado após resultado de perícia realizada pelo Instituto Médico Legal (IML).



Fonte: Bruno Sousa/ Direto da Redação com informações do Ma 10



Comentário




Copyright © Portal Destaque do Maranhão
Desenvolvido por: